Porque a asa do avião balança em voo?

A asa do avião balança em voo? Já olhou pela janela do avião e se deparou com a asa balançando de cima a baixo, como se aeronave estivesse praticamente batendo-as para voar? Vamos entender o motivo desse fenômeno ocorrer e sua fundamental importância na segurança do voo.

Porque a asa do avião balança em voo?

Desde o início da aviação, a engenharia de construção das asas evoluiu muito. De simples armações de madeira, revestidas por tecido, até peças de última geração da engenharia aeroespacial, a asa é o principal componente de um avião. Você pode tirar praticamente todos os sistemas de uma aeronave que ela continuará voando. Tire o GPS, os instrumentos, pressurização, combustível, até mesmo os motores. Enquanto o avião possuir suas asas, e uma maneira de controlar sua trajetória de descida manualmente, o mesmo permanecerá voando até próximo de um local apropriado de pouso.

Porque a asa do avião balança em voo

A asa é a estrutura responsável por gerar a sustentação, que permite o avião voar. Através do fluxo de ar que passa por ela, a sua curvatura transforma a pressão do ar que passa por cima dela menor do que a do ar que passa por baixo. Pelas leis da física, a pressão se desloca de onde é maior para onde está menor. Assim, a asa é empurrada para cima e, consequentemente, leva junto o restante da aeronave.

O que faz um avião voar para frente, e gerar todo esse fluxo de ar pela asa, é o empuxo dos motores. Então como pode uma aeronave voar, mesmo sem motor? Ao subir em altitude, ocorre o fenômeno de acumulo de energia potencial. Mas o que isso quer dizer? De modo geral, ao usar energia para subir um objeto, você ganha essa energia de volta ao descer. No voo da aeronave, esse ganho de energia é observado durante o procedimento de descida, onde durante esse período praticamente não é utilizado empuxo do motor.

Porque a asa do avião balança em voo

Esse tipo de voo é conhecido como planeio, método utilizado pelos planadores. O avião inicia uma trajetória de descida, onde sua velocidade e sustentação são mantidas. Da mesma forma um carro pode descer uma ladeira sem utilizar o acelerador. A inclinação da “ladeira” em voo é controlada pelos pilotos. Quanto maior a razão de descida, maior será a velocidade.

Como a asa do avião balança em voo?

A asa do avião balança em voo por um fundamento físico da engenharia de materiais. Objetos que são muito rígidos, costumam ser muito frágeis, ou seja, quebram com facilidade. Durante o voo, várias forças aerodinâmicas e a gravidade atuam na estrutura da asa.

Porque a asa do avião balança em voo

Os primeiros modelos de aeronaves, com asas rígidas de metal, apresentavam um desgaste excessivo do suporte da asa. Ocorria o aparecimento de rachaduras e eventuais quebras em voo. Como já vimos, um avião não voa sem asa, portanto uma quebra em voo é uma pane catastrófica. Após diversos estudos, chegou-se a conclusão que as asas não deveriam ser totalmente rígidas, mas sim apresentar uma amplitude de movimento e flexibilidade. Esse simples fato permite uma grande extensão da vida útil do avião, redução de acidentes e aumento do conforto em voo, uma vez que a asa flexível dissipa melhor os movimentos advindos de turbulências.