Por que o avião arremete?

Por que o avião arremete: Qual motivo leva a um avião arremeter? Por vezes ouvimos falar que uma aeronave em aproximação não conseguiu pousar e teve que realizar uma nova tentativa. Mas o que leva a isso? Existe riscos na arremetida do avião?

Na aviação, segurança é um fator primordial. Para cada ação executada há uma alternativa de segurança. No caso de um pouso, sempre estará disponível para os pilotos a opção de descontinuar uma aproximação de maneira segura.

Por que o avião arremete

Ao se preparar para pousar, é compulsório que os pilotos realizem o chamado briefing de aproximação. Nesse momento são discutidos os fatores pertinentes para a aproximação e pouso da aeronave, desde itens como o caminho a ser percorrido até a pista, configuração do painel de instrumentos, como será conduzido o pouso, com quanto combustível remanescente o avião irá pousar assim como os aeroportos de alternativa e o procedimento a ser adotado em caso de uma arremetida.

Sempre ao pousar o piloto já sabe o que fazer e para onde ir caso arremeta. Convenções internacionais e as próprias cartas de pouso indicam para onde ir e até quanto subir caso a aproximação seja descontinuada.

Por que o avião arremete antes do pouso?

Arremeter é um procedimento que acompanha um piloto durante toda sua carreira. Nos treinamentos é muito comum efetuar uma aproximação e arremeter, seja já em solo ou no ar, uma vez que a arremetida proporciona um treinamento de voo mais constante e a possibilidade de treinar o pouso várias vezes durante o mesmo voo.

Por que o avião arremete

Ao iniciar uma arremetida, o piloto deve aplicar potência e colocar a aeronave em trajetória de subida, ao mesmo tempo efetuar os procedimentos previstos para cada tipo de avião de forma que o mesmo saia de uma configuração de pouso para uma similar a de decolagem. Isso implica em recolher o trem de pouso, ajustar os flaps e os sistemas de navegação.

De modo geral, um procedimento de arremetida leva o piloto até um ponto pré-determinado, de onde ele poderá iniciar uma nova aproximação para pouso.

Por que o avião arremete: Arremeter no avião é perigoso?

A arremetida faz parte de um conjunto de manobras oficiais, homologadas e treinadas pelos pilotos. O seu objetivo é justamente evitar uma situação onde o pouso completo não é indicado ou considerado seguro, portanto, nessas situações, é muito mais seguro arremeter do que pousar.

Por que o avião arremete

Acredite ou não, mas, em uma aeronave comercial com passageiros, os pilotos não irão arremeter só para treinar ou por que sentiram vontade, uma vez que cada nova tentativa consome centenas de litros de combustível. Para se ter uma ideia, uma arremetida de um avião médio consome em torno de 300 litros de combustível, valor que pode chegar a mais de R$ 1.500,00.

Por que o avião arremete: O que leva a uma arremetida no avião?

Vários motivos podem levar a uma arremetida. Dentre os mais comuns estão: solicitação da torre de controle por objetos, animais, outras aeronaves ou veículos sobre a pista de pouso; fenômenos meteorológicos que prejudicam o pouso, tais como vento ou chuva fortes, intensidade de vento excessiva; em condições de baixa visibilidade e teto, caso o piloto não aviste a pista, será necessário arremeter; não estabilização do avião, neste caso cada companhia aérea estipula uma altura e distância da pista na qual o avião já deve estar completamente preparado para pousar, normalmente esse valor é estipulado em 1.000 pés (300 metros) de altura. Vários motivos podem levar aos pilotos não conseguirem efetuar todos os cheques e verificações até esse momento, fato que gera a necessidade de arremeter para uma nova tentativa; julgamento dos pilotos caso os mesmos observem que é mais prudente descontinuar o pouso.

Por que o avião arremete

Independente do motivo que leve a uma arremetida tenha certeza que ela não foi em vão e garantiu a segurança de todos no voo e no solo. Tão breve possível os pilotos devem entrar em contato informando o pouso abortado, se será feita nova tentativa e o motivo que levou a esse procedimento. Normalmente, não leva mais do que 15 minutos para a aeronave pousar novamente, dependendo do volume de trafego aéreo.